Para que o certificado digital possa ser acessado de qualquer computador com conexão à internet, é preciso fazer o Download Assistente, ou seja, baixar o Gerenciador do Certificado Digital do Cofre Virtual. Ele está disponível na tela de Início do Cofre Virtual, a primeira que aparece logo após o advogado fazer o login para assinar documentos com a certificação.

Não há mistério para realizar a instalação. Basta clicar no botão de download que o advogado será direcionado para uma tela secundária, de seleção do sistema operacional do computador.

Após optar pelo sistema operacional, uma nova tela se abre, desta vez para dar sequência à instalação do gerenciador. Entretanto, antes de prosseguir para a instalação, é necessário ler e concordar com os Termos de Uso e Responsabilidade.

O advogado também terá de indicar o Local de Instalação para poder prosseguir. Somente depois disso é que a instalação se inicia, de fato.

Logo após concluir a instalação, deve-se configurar o programa no computador. Dessa maneira é que se torna possível utilizar o certificado que está protegido no Cofre Virtual.

Para configuração, o advogado tem de incluir algumas informações no programa. A primeira delas são os dados de acesso ao Cofre Virtual, ou seja, o login e a senha. Depois disso, nada mais precisa ser feito. Afinal, o computador, agora, está configurado para o uso do certificado digital com o Cofre Virtual.

Como funciona o gerenciador do certificado digital do Cofre Virtual

Para localizar o Gerenciador no computador, caso ele já não tenha sido salvo na área de trabalho, basta pesquisar por Gerenciador, na barra de tarefas, para encontrá-lo.

O Gerenciador de Certificados do Cofre Virtual guarda as informações referentes a todos os certificados. Para obter mais detalhes sobre cada um deles, é só clicar em Visualizar.  Dessa forma, todos detalhes referentes ao certificado digital aparecerão em uma nova tela. Ao clicar em Fechar, as informações deixam de ser exibidas.

O mais importante é que toda vez que o advogado for utilizar o gerenciador para assinar documentos com o Cofre Virtual, terá de informar a Senha de Autorização (PIN) para poder prosseguir com a assinatura.

Ainda, existe a possibilidade de assinar vários documentos ao mesmo tempo. Caso seja isso o que o advogado deseja fazer, ele deve selecionar a caixa “Permitir realização de mais de uma assinatura sem solicitar senha novamente’ e preencher os campos Validade de autenticação (minutos) e Número de assinaturas.

Claro que algumas dúvidas sempre podem surgir quando o advogado está utilizando efetivamente o Cofre Virtual. A seguir há respostas para algumas delas.

Dúvidas sobre a segurança e instalação do gerenciador do certificado digital

1. É preciso instalar o gerenciador do certificado digital toda vez que o advogado quiser usar o certificado?

Caso o advogado esteja realizando o passo a passo para usar o Cofre Virtual pela primeira vez, no próprio computador, precisará executar cada etapa em um só momento. A não ser que a máquina tenha algum problema e tenha de ser formatada ou trocada.

Agora, caso esteja usando o computador de uma outra pessoa, terá de saber qual é o sistema operacional do dispositivo e ter permissão do proprietário para proceder a instalação. Contudo, as pessoas costumam compreender a necessidade de atender com urgência a uma demanda de trabalho. Portanto, não há muito com o que se preocupar.

2. É seguro acessar o certificado digital de qualquer computador?

Utilizar o certificado em um computador que não é seu também não compromete a segurança da assinatura. Pois, para poder utilizá-la, é preciso que a outra pessoa saiba qual é a sua senha de autenticação (PIN). Sem ela, não há como a assinatura do advogado ser usada por alguém que não seja ele mesmo. Para acessar o Cofre Virtual também é necessária a senha para efetuar o login.

Pode ser que o computador salve automaticamente essa senha. Mas, há como limpar o cachê e, em todos os casos, para manutenção da segurança, o advogado pode alterar a senha cada vez que acessar o Cofre Virtual em um computador que não seja o seu. Da mesma forma, é possível alterar o PIN a cada acesso feito em máquinas diferentes da própria ou do escritório. Para isso, é preciso lembrar-se da senha de recuperação (PUK).

Por último, depois de realizar a assinatura, uma alternativa é desinstalar o Gerenciador do Certificado Digital do Cofre Virtual da máquina em que foi utilizado, antes de deixar o local. Assim, é possível garantir que ninguém tentará acessar o Cofre Virtual para uso indevido de uma assinatura que não lhe pertence.

3. O que acontece em caso de perda do computador com o Gerenciador de Certificados do Cofre Virtual instalado?

Não há com o que se preocupar, pois a plataforma pode ser acessada de qualquer computador e, como dito acima, todas as senhas podem ser alteradas.

4. Posso utilizar o Cofre Virtual sem fazer a instalação do Gerenciador de Certificados?

O uso do Gerenciador de Certificados do Cofre Virtual é necessário para poder utilizar o certificado na assinatura de documentos. No entanto, usuários que dispõe de softwares integrados nativamente ao Cofre Virtual não precisam instalar o Gerenciador.

Tem outras dúvidas sobre o uso do Cofre Virtual? As respostas estão no nosso Guia de Uso do Cofre Virtual. Faça o download e aproveite para entender todo o funcionamento dessa solução capaz de facilitar o dia a dia do advogado.