Não tem jeito. De uma forma ou de outra, somos todos impactados pela tecnologia.

E tem um ditado que diz: se não pode com ele, junte-se a eles. Mais do que nunca, o dito faz sentido, ainda mais se pensarmos em como a tecnologia no direito tem operado mudanças. Às vezes, elas assustam. Mas, quando se observa mais de perto, é possível entender todo o proveito que pode se tirar disso.

Sim, as novidades tecnológicas podem ser usadas ao seu favor. Um exemplo bem simples e atual é o da Uber. Em outros tempos, quando não se tinha um carro próprio à disposição, o jeito era ligar para uma central de táxi e esperar que um veículo chegasse, sem a mínima ideia de quanto tempo ele demoraria para chegar.  Com a Uber, muitas das incertezas se dissipam. Primeiro, porque não é necessário esperar para ver se alguém vai atender ao telefone da central de táxi. Você mesmo chama o motorista pelo aplicativo. Segundo, é possível saber em quanto tempo o motorista irá chegar porque o aplicativo informa a localização e o trajeto do veículo em tempo real. Essa transformação gerada pela tecnologia tornou tudo mais prático, rápido e ágil. E tem se disseminado por vários setores de nossas vidas. Quer ver?

O que você faz quando está com fome? Liga para o restaurante, pede para a recepcionista o cardápio, escolhe a refeição e aguarda a entrega? Ou pega o celular rapidinho, abre o iFood, escolhe seu restaurante ou tipo de comida favorita, conclui o pedido e pronto? É mais fácil que a segunda opção seja a mais certa. Porque é assim que tem sido estabelecida a comunicação no mundo.

Os hábitos das pessoas tem sido impactados pela evolução rápida da tecnologia. Algo surge, é incorporado à rotina e em pouco tempo você já não entende como vivia antes. E isso tem sido percebido, inclusive, nas relações e ferramentas de trabalho. Não há motivos para acreditar que com o direito seria diferente. A questão é saber como aproveitar as facilidades que estão surgindo para desempenhar uma atividade advocatícia de valor, sem a qual os clientes não saibam viver sem. É com isso que vamos ajudar você a seguir: como usar a tecnologia no direito a seu favor e ser indispensável para o seu cliente. Vamos lá!

Use a tecnologia no direito a seu favor!

Perceba que os dois exemplos citados referem-se a aplicativos que as pessoas acessam em seus smartphones. Essa é outra realidade muito concreta: todo mundo tem um  celular que acessa a internet e pelo qual faz praticamente tudo. Você, como advogado, tem um, com certeza! E, em uma análise rápida e superficial, provavelmente o usa para responder e-mails de clientes e colegas e mensagens de WhatsApp. Viu só? Sem perceber, você já está usando ferramentas tecnológicas para trabalhar. E pode tirar melhor proveito disso!

Não perca nenhum compromisso!

Os smartphones, geralmente, vem com alguma agenda já disponível. Os que possuem sistema Android, tem a agenda do Google. Os demais, têm o Outlook ou a agenda da Apple. E o mais interessante: elas permitem convidar pessoas para participar dos compromissos e podem ser compartilhadas com quem interessar. Tem jeito melhor de as pessoas saberem onde você está ou quando terá tempo disponível do que deixá-las consultar os seus compromissos? Seus clientes também vão ficar satisfeitos se, depois de uma reunião, receber o convite para os próximos compromissos que envolvem a causa dele. É um jeito de mostrar seu comprometimento que pode fazer toda a diferença!

Tenha os documentos sempre com você!

Ligar computador e abrir o Word para redigir qualquer peça jurídica é um hábito. A questão é que se o documento não for enviado por e-mail e você não tiver um aplicativo para abri-lo no smartphone, não poderá consultá-la se não estiver com o seu computador. Isso pode ser resolvido facilmente com o uso do Google Docs. Ele é gratuito e mantém salvo, na nuvem, qualquer documento redigido por você, o que torna fácil o acesso a qualquer momento, de qualquer lugar com acesso à internet.

Mantenha os arquivos salvos e seguros!

Até pouco tempo, a maneira de ter os documentos mais relevantes dos clientes guardados era fazendo cópias e armazenando-as em arquivos físicos. Hoje, uma alternativa mais sustentável e fácil de se fazer isso é usando serviços gratuitos de armazenamento na nuvem, como o Google Drive ou Dropbox. Com esse suporte, os documentos podem deixar de ser xerocados para serem fotografados e salvos no Drive ou Dropbox para serem acessados de qualquer gadget.

Tenha o certificado digital sempre à mão!

O ambiente online tem se mostrado ser tão prático e eficaz que até o certificado digital pode ser tranquilo e seguramente armazenado na nuvem. A possibilidade de poder assinar documentos digitalmente com o certificado digital já é um avanço da tecnologia no direito. O armazenamento online e seguro desse certificado é um passo a frente dado pelo Cofre Virtual para facilitar a vida dos advogados. É muito simples utilizá-lo! Veja a apresentação para confirmar os benefícios da solução.