Será que o advogado pode testar o certificado digital?

É possível testar o certificado digital?

O interesse em testar o certificado digital, para saber se ele está funcionando corretamente, é natural. Qualquer pessoa, ao adquirir um produto, prefere testá-lo. É uma forma de ter certeza de que foi feita uma boa compra. Infelizmente, são poucos os produtos que permitem um teste gratuito antes da aquisição definitiva. E o certificado digital é assim. O advogado só pode testá-lo depois de comprá-lo. Não há como saber, antes, como será o funcionamento.

É por isso que seguir uma recomendação é muito importante: escolher emitir o certificado em Autoridades Certificadoras (ACs) que sejam credenciadas ao Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). Pois, isso significa que elas cumprem com todas as exigências da regulamentação para uso da certificação digital no Brasil. Ou seja, a chance o certificado digital possuir algum problema torna-se menor, nesse caso.

Várias das certificadoras disponibilizam a realização do teste, que pode ser feito diretamente pelo site. Há duas formas de fazê-lo:

1. Teste rápido

É a forma mais ágil de o advogado poder testar o seu certificado digital. É feito pelo navegador da internet. Mas, para que possa ser realizado, é preciso que o certificado esteja pré-instalado no computador. Agora, caso o certificado esteja guardado em um token ou smart card, será preciso informar a senha de acesso para que o teste seja completo.

Basicamente, o teste rápido do certificado ajuda a verificar se todas as configurações estão certas no navegador.

2. Teste detalhado

O advogado interessando em testar o certificado digital de forma detalhada precisará de um pouco mais de tempo para fazê-lo. É que, para isso, pode ser que haja a necessidade de instalar alguns componentes para que seja possível acessar o certificado digital.

Outras formas de testar o certificado digital

Há Autoridades Certificadoras que liberam o teste do certificado digital emitido por qualquer outra AC. Essa pode ser uma outra ferramenta pela qual o advogado pode testar o certificado digital uma segunda vez, caso queira confirmar o teste realizado já na própria Autoridade com a qual emitiu o certificado. É fácil encontrar quais ACs disponibilizam o teste aberto a partir de uma simples busca na internet por “como testar o certificado digital”.

Os teste ajudam o advogado a confirmar as informações relacionadas a si e associadas à certificação. Também ajudam a saber qual é o prazo de validade do certificado. O que é muito útil porque se o advogado esquecer a data, terá como consultá-la para não perder o prazo da renovação.

Assim, com o teste concluído, surgem na tela:

  • o nome do advogado titular do certificado digital;
  • o tipo de certificado que está em teste;
  • a validade do certificado digital.

Em alguns casos, dependendo de como for o sistema de testes, há a opção de imprimir essas informações. Dessa maneira, o advogado poderá mantê-las arquivadas e consultá-las sempre que alguma dúvida relacionada às informações do certificado digital surgir.

Pode acontecer de, durante o teste, os dados do certificado não serem exibidos na tela. Caso os campos apareçam em branco, é preciso verificar se o certificado está corretamente instalado no computador por meio do qual o teste é realizado.

Certificados digitais do tipo A1, geralmente, estão instalados no computador. Logo, o teste só pode ser realizado a partir da máquina em que a certificação está instalada. A não ser que o advogado utilize algum serviço de proteção do certificado digital na nuvem. Nesse caso, esse tipo de certificado ganha mobilidade e o teste pode ser realizado de qualquer computador.

Os certificados digitais do tipo A3 não possuem essa limitação do computador. No entanto, os que estão salvos em smart cards não podem ser testados, seja no computador que for, caso a leitora de cartão seja esquecida por algum motivo.

É importante testar o certificado digital?

O teste do certificado digital é um cuidado a mais que o advogado pode ter com uma das ferramentas mais imprescindíveis para a execução de atividades rotineiras como peticionar eletronicamente.

Da mesma forma, também é uma maneira de prever, com antecedência, qualquer possível inconsistência nas informações que constam no certificado digital recentemente emitido.

Testar o certificado digital não é uma recomendação padrão. Muito menos é obrigatório. Mas, a realização do teste de funcionamento do certificado no computador em que se está trabalhando é algo que o advogado pode fazer antes de começar a trabalhar. Assim, terá certeza de que não ocorrerão surpresas desagradáveis no decurso do trabalho. Também, de que não terá de dispor de mais tempo para resolver possíveis problemas que poderiam surgir.

Enfim, saber que a possibilidade de testar o certificado digital existe é uma segurança a mais para o advogado. Aliás, toda vez que for adquirir um certificado digital, este tema pode estar na pauta da validação presencial.

Qualquer outra dúvida que possa surgir em relação ao certificado digital, pode ser respondida por meio do Guia do Certificado Digital ou de um contato com um consultor. Como preferir!


Apresentação-Cofre-Virtual-Banner-post-blog

Deixe seu comentário

cofrevirtual@softplan.com.br | +55 48 3027-8000
© 2018 Cofre Virtual - Todos os Direitos Reservados
Uma iniciativa
shares