Olha que interessante! A edição 2017/2018 da pesquisa sobre os softwares jurídicos mais utilizados no mercado jurídico, feita pela InteliJur, fez uma análise desses softwares.