Parte da eficiência do trabalho do advogado está relacionada a como acompanhar processos para não perder prazos e gerar satisfação aos clientes que, desabituados com o ambiente do direito, cobram resultados.

A tecnologia tem muito a contribuir com esta questão, especialmente porque permite que o acompanhamento dos processos seja feito de forma online, acelerando o trabalho que, antes, exigia muito tempo do advogado.

Tempo, aliás, é um valor precioso nos dias de hoje, inclusive para os profissionais de direito, que têm muito o que fazer em um só processo. É preciso conversar com o cliente, reunir os documentos, fazer cálculos, investigar situações, escrever petições, cuidar para não perder sentenças. Como não se desnortear no meio de tantas tarefas? Nossas dicas têm as respostas para esta pergunta!

Dicas de como acompanhar processos

É fundamental, para o advogado, conhecer maneiras de como acompanhar processos para otimizar a organização do seu trabalho e os recursos disponíveis. Assim, perante todas as alternativas, ele pode escolher aquela que acredita que mais se encaixa no seu perfil e método de trabalho. Selecionamos algumas para começar.

Listar os sites importantes

Cada estado brasileiro tem seus próprios diários oficiais, tribunais de justiça e assim por diante. Muitos deles têm versões digitais, disponibilizadas na internet. Uma recomendação é fazer o levantamento desses sites e salvá-los como favoritos. Assim, fica fácil acessá-los com certa frequência e não só quando necessário. Essas consultas constantes são uma forma de criar um fluxo de trabalho (como sugerimos abaixo) para acompanhar, de maneira mais próxima, as decisões e não perder o time de nenhum caso pelo qual se é responsável.

Alertas do Google

Hoje em dia, praticamente tudo está disponível na internet. É quase impossível acompanhar as atualizações de informações que ocorrem, mas há como filtrar o que é mais importante com a ajuda da ferramenta de alertas do Google.

A configuração é simples de fazer e a maior vantagem é receber todas as notificações por e-mail. E, como atualmente estamos sempre conectados, dessa maneira amplia-se a possibilidade de as informações chegarem à caixa de entrada quase instantaneamente, inclusive as relacionadas a processos que são disponibilizadas na internet.

Investir na automatização

Muitas das tarefas desempenhadas por escritórios de advocacia podem (e até devem) ser automatizadas. A automatização gera maior produtividade, sem contar que permite que o profissional de direito concentre seus esforços naquilo que mais agrega valor ao seu trabalho.

Os primeiros passos para automatizar podem até tomar um tempo, pois é preciso mapear todas as ações (caso isso ainda não tenha sido feito) que são diariamente executadas para definir quais podem ser automatizadas. O bom é que isso precisará ser feito somente uma vez e refletirá em ganhos maiores.

A dica mais importante é buscar sistemas que sejam integrados, pois contar com ferramentas diferentes, que não “conversam” entre si, tornará o trabalho igualmente difícil.

Mensure os resultados

Medir resultados é algo recente na advocacia. Em outras áreas, isso já é recorrente. No entanto, para os profissionais de direito, isso é algo relativamente novo.

Os números ajudam a entender se o trabalho desenvolvido é produtivo, onde estão os erros que necessitam ser corrigidos e a ter insights para possíveis soluções.

Incentive o trabalho em equipe

Advogados lidam, cada dia mais, com um volume considerável de processos. Querer ter todos eles “debaixo de um só guarda-chuva” pode ser contraproducente. O melhor é dividir tarefas, incentivando o trabalho em equipe. Quando cada um faz a sua parte, com excelência, fica mais fácil acompanhar a todos os processos e reorganizar responsabilidade, quando for necessário.

Fazer um cadastro dos cliente

Foi-se o tempo em que as informações dos clientes dos advogados eram anotadas em agendas de papel. A tecnologia permitiu armazenar esses dados em computadores. Já o avanço da tecnologia possibilita que eles sejam guardados na nuvem, com a ajuda de softwares jurídicos. Utilizar essa ferramenta favoravelmente facilita, e muito, o acompanhamento de processos judiciais.

Criar uma rotina

Por mais difícil que pareça desenvolver uma rotina de trabalho no ambiente da advocacia, isso não é impossível. E ainda traz como benefício um fluxo de tarefas em que se pode incluir o acompanhamento de processos, de forma que as ações necessárias sejam tomadas dentro do prazo previsto. Vale a tentativa.

Certamente existe uma ou outra dica de como acompanhar processos que possa ser acrescentada às listadas neste conteúdo. Ela pode ser escrita nos comentários ou enviada por e-mail para cofrevirtual@softplan.com.br. Vamos compartilhar boas práticas!