Assinatura e certificação digital são termos que sempre andam juntos.

Até parecem irmãos gêmeos. A explicação para isso é simples: é o certificado digital que confere autenticidade à assinatura. Sem ele, até é possível assinar digitalmente um documento, mas não há como garantir a autenticidade dessa assinatura se ela não está associada a um certificado digital.

Você já deve saber disso e possivelmente, entende a importância de assinar um documento digitalmente com o respaldo de um certificado digital. É por isso que concluímos que a pergunta, aqui, é outra: você já adquiriu o seu certificado digital? Sabe o que é preciso para ter a sua própria certificação digital?

Essa, aliás, é uma questão importante: em muitos escritórios de advocacia, a prática é apenas um advogado ter o certificado digital, de forma que esse certificado é o único existente para ser utilizado por todos. Haja controle!

O mais correto é que cada um tenha o seu próprio certificado. Isso facilita o dia a dia e a administração do uso do certificado digital. Não que haja um limite de assinaturas que podem ser feitas com o certificado. Muito pelo contrário. A quantidade de assinaturas com o certificado digital é ilimitada.  Um motivo a mais para cada advogado ter a sua. Veja, a seguir, como é simples adquiri-lo.

O que é preciso para adquirir uma assinatura e certificação digital

Há duas formas de adquirir a assinatura e certificação digital:

1- acessar o site de uma autoridade certificadora (AC) e requisitar o certificado digital, conforme a orientação;

2- cadastrar-se no site do Cofre Virtual, para já adquirir o certificado digital e o armazenamento na nuvem.

Em ambos, o passo a passo é muito semelhante. A vantagem em realizar a aquisição no ambiente online do Cofre Virtual é a garantia de que o certificado digital estará protegido de qualquer fatalidade (perda, roubo, etc.) e pode ser quase que imediatamente acessado a partir de qualquer dispositivo (inclusive de computadores que não são de uso ou propriedade pessoal do proprietário do certificado digital).

Fazer o cadastro no Cofre Virtual é bem simples:

1º- Entrar na página do Cofre Virtual na internet.

2º- Clicar em minha conta.

3º- Selecionar a opção “Registrar”.

4º- Incluir todas as informações solicitadas no cadastro corretamente.

5º- Concluir o cadastro clicando em “Criar seu cadastro”.

6º- Acessar a mensagem enviada para o e-mail informado para confirmar o cadastro e ativar a conta.

7º- Fazer, novamente, o login no Cofre Virtual.

8º- Escolher o tipo de certificado que você quer adquirir.

9º- Selecionar o período em que deseja que o certificado permaneça armazenado.

10º- Conferir, no Resumo do Pedido, o valor e clicar em “Continuar”.

11º- Completar as informações do cadastro corretamente.

12º- Com todos todos os campos completados da maneira certa, é só clicar em “Confirmar Pagamento”.

13º- Definar a senha de Autorização (PIN) e a senha de Recuperação (PUK).

14º- Selecionar “Avançar”.

15º- Informar a senha de autorização (PIN).

16º- Verificar se os dados pessoais estão corretos.

17º- Clicar em “Salvar”.

18º- Acessar o e-mail com o link para ser agendado o dia e o horário para proceder a validação pessoal.

19º- Comparecer à autoridade certificadora com os seguintes documentos:

– Documentos pessoais (RG ou passaporte, quando estrangeiros);

– Cadastro de Pessoa Física (CPF);

– Título de eleitor;

– Comprovante de residência;

– PIS/PASEP, dependendo de cada caso.

Após a validação, não há mais com o que se preocupar. O certificado é emitido diretamente no ambiente online do Cofre Virtual e fica disponível para ser acessado de qualquer lugar com conexão à internet.

Os dados protegidos por criptografia, guardados no Cofre Virtual, são compostos pelas seguintes informações:

– Chave pública do titular;

– Nome e endereço de e-mail;

– Período de validade do certificado;

– Nome da Autoridade Certificadora que emitiu o certificado;

– Número de série do documento eletrônico;

– Assinatura digital da AC.

Dúvidas sobre a assinatura e certificação digital

1- Qual é o valor do certificado digital?

O valor do certificado A1 pode ser consultado após a conclusão do cadastro no Cofre Virtual, que pode ser feito gratuitamente.

2- O Cofre Virtual tem uma autoridade certificadora própria?

Não. Atualmente, o Cofre Virtual atua em parceria com a Certisign Certificadora Digital.

3- O que é chave pública?

A chave pública é um compilado de algoritmos de criptografia, acessível a qualquer indivíduo que tenha o interesse de se comunicar com quem detém a chave privada correspondente. Ela é usada para ajudar a manter em sigilo as informações pessoais que tem de proteger.

4- O certificado digital tem validade?

Sim. Certificados do tipo A1 são válidos por 12 meses e certificados do tipo A3, por três anos.

Agora está claro para você tudo o que é preciso saber sobre a assinatura e certificação digital? Ou tem mais alguma dúvida que você quer que a gente responda? Deixe seu comentário! Quer saber mais sobre o Cofre Virtual? Preencha o formulário abaixo e envie uma mensagem para nossa equipe.